Ingredientes

Ingredientes para o molho.

Originário de Genova, no norte da Itália, o pesto é certamente um dos mais saborosos e aromáticos molhos dessa culinária tão apreciada pelos brasileiros. “Pestare”, em italiano, quer dizer esmagar, e daí a origem do nome. Saiba mais sobre o molho e veja nossa sugestão de receita. Os ingredientes básicos deste molho são manjericão, alho, azeite de oliva, nozes e queijo pecorino toscano (queijo sem lactose). O molho pesto acompanha tradicionalmente massas, mas pode também ser utilizado em antipastos, pizzas, carnes, legumes, entre outros.

Ingredientes:

150g de folha de manjericão grande

4 dentes de alho

1 xícara de pinoli*

1 1/2 xícara de queijo parmesão ralado (ou queijo pecorino)

2 xícaras de azeite

Sal e Pimenta à gosto.

Preparo:

1. No processador, coloque as folhas de manjericão, os dentes de alho, o pinoli e o queijo ralado.

2. Pulse por alguns segundos, ou até obter uma mistura homogênea.

3. Com o aparelho ligado, adicione o azeite em fio e pulse até formar um molho espesso e homogêneo. Tempere com sal e pimenta-do-reino.

4. Transfira para um pote com tambe e guarde na geladeira por até duas semanas. Rende 3 xícaras.

PESTO ALLA GENOVESE (receita tradicionao, feita no pilão)

tempo de preparo: 10 minutos
rendimento: 4 porções

Ingredientes:

  • 1 dente de alho
  • 2 maços grandes de manjericão italiano de folha larga
  • 2 colheres (sopa) de queijo Pecorino ralado fino
  • 2 colheres (sopa) de queijo Parmigiano Reggiano ralado fino
  • 1 colher (sopa) de pinoli
  • 6 colheres (sopa) de azeite extra-virgem de oliva
  • sal grosso marinho

Preparo:

  1. Coloque o alho e uma pitada de sal no pilão e soque até formar uma pasta grossa. É importante que o socador não amasse os ingredientes no fundo do pilão, mas faça movimentos circulares, esfregando os ingredientes contra as laterais da tigela.
  2. Separe as folhas do manjericão dos talos, lave, seque bem e junte ao pilão, amassando-as devagar até que formem uma polpa verde intensa.
  3. Junte os pinoli e o queijo, esmagando e incorporando bem, e depois o azeite, pouco a pouco. Experimente e ajuste o queijo e o azeite a seu gosto. Espalhe o molho sobre 400g de massa que você cozinhou enquanto preparava o pesto (fusilli é a melhor opção) e sirva imediatamente. O molho é suficiente apenas para cobrir a massa com uma delicada película esverdeada. Não é costume servir com queijo à parte, pois o molho já o contém.

DICAS: Somente o manjericão italiano (aquele de folha larga e abaulada) pode ser usado nesta receita. Outros tipos têm um sabor muito mentolado e ficam esquisitos. O pilão não deve ser de metal, pois ele tende a escurecer as folhas do manjericão. Eu costumo colocar em uma segunda tigela a mistura de sal, alho e manjericão, socar os pinolis no pilão até formar uma pasta, e então voltar o manjericão e colocar os outros ingredientes. Assim os pinoli são incorporados mais rapidamente. Você pode substituir os dois queijos por queijo parmesão nacional de qualidade. Se for substituir os pinoli, use castanhas do Pará. Nunca use nozes, pois elas são muito fortes e dominarão o molho. Em última instância, se não quiser comprar um pilão, faça o molho em um pequeno processador de alimentos. Mas não é a mesma coisa. Você pode usar o pesto para sopas, legumes, pães, o que quiser.

Obs.: Pinoli é um pinhãozinho típico da região do mediterrâneo, também é conhecido como snobar e é facilmente encontrado nas casas de produtos árabes.